top of page

Dia Nacional da Pessoa com Deficiência Visual: termos capacitistas

O dia 13 de dezembro é o Dia Nacional da Pessoa com Deficiência Visual. uma data concretizada em julho de 19961 que tem como objetivo trazer uma conscientização e a luta contra o preconceito da deficiência visual. Que não se enquadra apenas na cegueira, mas também na perda parcial da visão, podendo ser congênita ou adquirida.


A minha intenção ao falar sobre esse tema é mostrar que precisamos rever nossos comportamentos e falas para não estarmos excluindo sem perceber.

Eu tenho muitos pacientes de retina que sofrem com visão subnormal e até cegueira e eles me contam sobre algumas dificuldades que enfrentam com inclusão social.


Termos capacitistas e substituições

Nenhuma deficiência deve ser usada como adjetivo, que tal evitar de usar esses termos preconceituosos?


"O pior cego é aquele que não quer ver"

Essa "frase efeito" carrega um preconceito de forma sútil com as pessoas quem tem cegueira ou alguma deficiência visual.


"Mais perdido que cego em tiroteio"

Expressão -nada inclusiva- usada como forma de "humor" que carrega a ideia incapacidade das pessoas com deficiência visual.


"Em terra de cego quem tem olho é rei"

Esse ditado popular coloca as pessoas que enxergam como privilegiadas em relação às pessoas com deficiência visual.

Substitua por: "No meio da ignorância, quem sabe pouco domina".


"Como você não viu? está cego?"

Sabia que poder enxergar não tem relação nenhuma com a capacidade de prestar atenção no que está sendo mostrado?

Substitua por: "você prestou atenção no que eu disse?"


"Fiquei cego de ódio"

Um sentimento negativo como a raiva não deve ser associado de forma errada com uma deficiência visual.

Substitua por: "Fiquei com muita raiva"


"Ceguinho"

O diminutivo pode passar a impressão de inferioridade por conta de uma característica ou uma falsa sensação de que fica menos ofensivo.

Substitua por: "pessoa com deficiência visual"

Ou se for em tom pejorativo, não substitua por nada, simplesmente NÃO FALE.

Inclusão social

A inclusão começa com a exclusão de termos capacitistas do vocabulário e com a acessibilidade. Deficiência visual não é adjetivo, precisamos refletir se não estamos excluindo o outro sem perceber!


==========================


Dra. Bianca Valduga Guareschi | CRM/PR 35673 e RQE 25735

Commentaires


bottom of page