top of page

Principais problemas oculares que acometem os Idosos.

Essas são as principais alterações na visão de idosos que afetam de maneira significativa na qualidade de vida e no comprometimento da sua independência e autonomia:


Glaucoma

Doença silenciosa provocada pela elevação da pressão ocular, que pode causar cegueira irreversível.

Existem dois tipos: Glaucoma de ângulo aberto (o mais comum e silencioso), e o Glaucoma de ângulo fechado (agudo, perceptível)


Catarata

Doença que atinge o cristalino do olho, deixa a visão embaçada como se a pessoa estivesse olhando por um vidro opaco, podendo levar a perda da visão.

Principal causa é o envelhecimento natural dos olhos, mas também pode ser associada ao histórico de traumas e doenças oculares.


Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI)

Causada pelo desgaste nos tecidos dos olhos, levando a perda da visão central e diminuindo a sensibilidade aos contrastes de luz.

Existem dois tipos: Seca (perda da visão progride gradualmente) e Úmida (perda da visão progride rapidamente) Fazendo com que a pessoa precise de uma iluminação mais intensa pra enxergar.


Presbiopia

Se desenvolve gradualmente a partir dos 40 anos e afeta quase todo mundo em algum grau à medida que envelhecemos. A pessoa tem uma baixa de visão para perto e precisa esticar os braços para conseguir ler.


Descolamento de Retina

É uma urgência oftalmológica causada por traumas oculares, pacientes míopes ou por doenças como a Retinopatia Diabética. Os principais sintomas são moscas volantes ou flashes de luz no campo de visão.


Retinopatia Diabética

Ocorre em pessoas com diabetes. O alto nível de açúcar no sangue pode danificar os vasos sanguíneos da retina. Geralmente, não apresenta sintomas visuais em seu estágio inicial e se for diagnosticada muito tarde pode levar a perda irreversível da visão.


Retinopatia Hipertensiva

Ocorre em pessoas com pressão alta, devido ao aumento da hipertensão arterial.

O fluxo de sangue nos olhos é interrompido, podendo levar a perda total da visão se não for diagnosticada o quanto antes.


A saúde ocular de pessoas idosas deve ser levada a sério! Faça o acompanhamento em consultas oftalmológicas pelo menos uma vez ao ano, para que possíveis doenças possam ser diagnosticadas a tempo!

Dra. Bianca Valduga Guareschi | CRM/PR 35673 e RQE 25735 Especialista em Retina Clínica e Cirúrgica




Comments


bottom of page